Demissão por justa causa

O que é a demissão por justa causa? Qual a diferença entre demissão por justa causa e demissão sem justa causa?

A demissão por justa causa ocorre quando o empregado comete algum tipo de falta grave que dá direito ao empregador a dispensa do empregado sem o pagamento de direitos trabalhistas. O funcionário demitido nestas circunstâncias perde os direitos ao aviso prévio, FGTS e seguro desemprego, por exemplo. Vale ressaltar que a dispensa por justa causa de empregado com mais de um ano de serviço não dispensa a homologação no sindicato da categoria, bem como a realização de exame médico demissional.

Motivos para Demissão por Justa Causa

Vários são os motivos que podem ocasionar em justa causa. Indisciplina, faltas seguidas injustificadas, violência, entre outros, podem ser situações que levem a empresa a demitir o funcionário sem direitos.

A justa causa CLT prevê diversas hipóteses para rescisão do contrato de trabalho sem o pagamento das verbas rescisórias. Veja quais podem ser os principais motivos:

a) Roubo e/ou falsificação de documentos
b) Conduta libidinosa ou qualquer tipo de assédio moral ou físico a outros funcionários.
c) Negociações por conta própria sem a permissão do empregador, como vendas e negociação dentro do ambiente de trabalho (venda de artesanato, alimentos e outros, sem a permissão do chefe ou da empresa).
d) Em caso de o empregado ser condenado à prisão, mas somente em casos em que ele não possa recorrer da decisão.
e) Negligência no serviço, preguiça, falta de empenho, serviço mal executado.
f) Embriaguez durante o serviço: mesmo que o empregado não beba durante o trabalho, o fato de chegar ao serviço embriagado pode ter como consequência a demissão por justa causa.
g) Violação de segredos da empresa ou venda de informações para a concorrência.
h) Indisciplina ou abandono de função: após falta de 30 dias seguidos, pode-se caracterizar abandono de serviço.

Demissão por justa causa

Saiba o que pode acarretar a demissão por justa causa

A demissão por justa causa só pode ser feita quando for provado que o funcionário realmente agiu de má fé. O motivo pode ser roubo, abandono de emprego, negligência, negociação habitual por conta própria ou alheia sem permissão do empregador (como vender o produto fabricado ou comercializado pela empresa sem o patrão saber), prisão do empregado, embriaguez e até prática constante de jogos de azar.

A demissão por justa causa também deve ser aplicada imediatamente após o fato causador da demissão ocorrer, pois caso tenha se passado certo tempo, a falta perde a validade. Em caso de o trabalhador ser demitido injustamente há a possibilidade de mover uma ação contra o empregador a fim de ser indenizado pelo fato da dispensa infundada.

Demissão por Justa Causa Direitos do Trabalhador

Mas quais são os direitos do trabalhador em caso de demissão por justa causa? Como ele pode recorrer de tiver sido demitido injustamente?

Na demissão por justa causa o empregado perde todos os direitos de rescisão, como aviso-prévio, férias vencidas e proporcionais, 1/3 de férias, 13º salário, FGTS, multa de 40% do FGTS e seguro-desemprego.

Caso o empregado demitido por justa causa tenha menos de um ano de registro em carteira, ele tem direito apenas ao salário família e ao saldo de salário mensal. Se tiver mais de um ano de serviço em carteira, tem direito a receber seu salário mensal, as férias proporcionais (inclusive as vencidas, se houver), e também o salário família.

Antes de o empregador efetuar a demissão por justa causa é necessário que ele verifique a existência do máximo de provas possíveis do delito ou do motivo que levou a essa demissão como, por exemplo, boletins de ocorrência, testemunhas, imagens de câmeras de segurança, gravações, etc.

O pagamento de rescisões será feito através do TRCT (Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho), onde devem estar detalhadas todas as verbas que foram pagas. O prazo de pagamento são de 10 dias após a notificação de demissão, e o atraso por parte do empregador pode resultar em multa no valor do salário do empregado.

Além de perder todos os direitos, a demissão por justa causa pode também atrapalhar o demitido no momento em que ele precisar arrumar um novo emprego. Por isso, evite má conduta no trabalho, respeite as regras e faça tudo como deve ser feito. Afinal, é o seu bom trabalho que permite que você ganhe um salário para sustentar a casa, não é mesmo?

118 comentários
  1. Posted by Marta Macedo dos Santos
  2. Posted by silva
  3. Posted by Danilo Campos
  4. Posted by Zélia de Paiva Cunha da Silva
  5. Posted by Fernando Henrique da Silva
  6. Posted by Eder luis da trindade
  7. Posted by Thiago Martins
  8. Posted by Henrique
  9. Posted by Junior célio Gonsalvel
  10. Posted by Nicaela Oliveira
  11. Posted by Eva Cabral
  12. Posted by Thalles Robert Borges de Morais
  13. Posted by elisangela
  14. Posted by edmilson da silva valerio
  15. Posted by gabrielle
  16. Posted by Simone Candido
  17. Posted by Rosa Alves
  18. Posted by tiago
  19. Posted by sid dias
  20. Posted by Debora
  21. Posted by iris
  22. Posted by Edvaldo
  23. Posted by bruna
  24. Posted by carla maria pinto
  25. Posted by Renilda
  26. Posted by cristina
  27. Posted by adriano ando
  28. Posted by Marcelo
  29. Posted by priscila
  30. Posted by Maria José
  31. Posted by juliana
  32. Posted by conce
  33. Posted by Mila
  34. Posted by Mariangela carvalho
  35. Posted by dynha
  36. Posted by Silvia Maria Gouveia
  37. Posted by cássia
  38. Posted by marcia
  39. Posted by Luciana
  40. Posted by enio
  41. Posted by Raquel
  42. Posted by marilande
  43. Posted by Ana
  44. Posted by suiany
  45. Posted by Leandro
  46. Posted by natalia
  47. Posted by patricia
  48. Posted by Elaine
  49. Posted by adriana lins
  50. Posted by sampaio
  51. Posted by deywison barros
  52. Posted by Claudiana
  53. Posted by Lidiane A. Maciel
  54. Posted by Brunna
  55. Posted by jose
  56. Posted by Priscila Lucia
  57. Posted by Priscila Lucia
  58. Posted by Jefferson de Oliveira SIlva
  59. Posted by VANESSA BARROSO
  60. Posted by MARIA
  61. Posted by camila
  62. Posted by patricia
  63. Posted by veronica
  64. Posted by Jobson
  65. Posted by Paulo
  66. Posted by rafaela.alves
  67. Posted by janete marlem
  68. Posted by flaviano
  69. Posted by jaqueline
  70. Posted by andreia
  71. Posted by Francinete c.c
  72. Posted by Gisele
  73. Posted by Jaider Barros
  74. Posted by Rodrigo
  75. Posted by Edson
  76. Posted by Paulo Bellan
  77. Posted by Zelia de Paiva
  78. Posted by Zelia de Paiva
  79. Posted by ana
  80. Posted by Andrea de Fatima
  81. Posted by Olavio Roberto
  82. Posted by Olavio Roberto
  83. Posted by Jéssica
  84. Posted by jorge ubirajara pires anhaia
  85. Posted by jose carlos
  86. Posted by Aline
  87. Posted by Denise
  88. Posted by amanda cardozo
  89. Posted by Kleiton
  90. Posted by fabio
  91. Posted by Raquel Santos
  92. Posted by joyce duques da silva
  93. Posted by Eduardo Guimarães
  94. Posted by Valdir Carvalho
  95. Posted by GEZIEL MERTINS
  96. Posted by Jefferson
  97. Posted by Bruna
  98. Posted by Thais
  99. Posted by Renata
  100. Posted by Hamilton
  101. Posted by julia
  102. Posted by julia
  103. Posted by julia
  104. Posted by silvia
  105. Posted by Marcia
  106. Posted by Frank
  107. Posted by patricia Moreira
  108. Posted by Ana Evila Tavares Freitas
  109. Posted by maiki
  110. Posted by thais
  111. Posted by jeferson araujo da silva
  112. Posted by cristiane castro
  113. Posted by jose carlos da costa silva
  114. Posted by kelly valente
  115. Posted by Maria
  116. Posted by Bruna

Deixe um comentário