Dos mais jovens aos mais experientes, dos netos e netas aos avôs e avós, dos profissionais mais modernos aos trabalhadores em setores mais "sérios" e de mente mais tradicional, não tem jeito: a tatuagem é cada vez mais comum - ainda bem! - e diariamente mais e mais gente...